O Marketing Digital está aí para todo mundo ver. Está neste artigo que você lê agora. No seu feed de redes sociais. Na sua pesquisa despretensiosa no Google e até no blog de receita maravilhoso que você costuma ler.

 

Em um mundo cada vez mais conectado, já era de se esperar que as empresas se voltassem às estratégias de divulgação na internet, principalmente, por conta da atual crescente englobando o assunto.

 

A estratégia do Marketing Digital está dando tão certo que hoje, 7 em cada 10 brasileiros compra regularmente na internet, como apontam pesquisas. Em todo o mundo, pelo menos 23% dos internautas adquirem produtos online.

 

Aliás, é possível encontrar praticamente tudo na internet. Desde um bem nascido personalizado até imóveis, carros e bens de alto valor de investimento.

 

Mas se você ainda não está por dentro do Marketing Digital, ou ainda tem dúvidas de como investir da forma certa na estratégia, continue lendo o artigo, pois trouxemos muitas dicas. Confira!

 

O que é esse tal de Marketing Digital?

O Marketing Digital nada mais é que um conjunto de ações, técnicas, campanhas e estratégias, voltadas para a divulgação de uma marca e construção de uma identidade no mercado, com foco no ambiente online.

 

Desse modo, por meio de canais digitais, como sites, blogs, redes sociais, e-mails, entre outros recursos, as empresas buscam alcançar potenciais clientes (os chamados “leads”), conquistar novos públicos e manter um bom relacionamento com seus consumidores.

Por exemplo, uma indústria de embalagem de madeira para transporte pode desenvolver um site, onde é possível fazer os pedidos de caixas diretamente pela plataforma, com todas as especificações e medidas.

 

Assim, os clientes não precisam mais ficar ligando na empresa, basta acessar a página!

 

Ao mesmo tempo, um outro empreendimento, como uma barraquinha de mini pizza para festa, pode investir em uma divulgação nas redes sociais e, dessa maneira, conquistar novos clientes e ganhar reconhecimento no mercado.

 

Percebe? As possibilidades são inúmeras e é isso que faz o Marketing Digital ser tão atrativo. Outra característica da estratégia está na sua personalização.

 

Já que a internet é a maior fonte de informação do mundo, as empresas passaram a utilizar os dados dos clientes e a investir cada vez mais em Marketing Digital para a produção de conteúdos altamente personalizados e direcionados.

 

Por exemplo, quem estaria interessado no serviço de impressão em vinil adesivo? Com a internet, é possível descobrir o perfil do cliente ideal e, com isso, produzir uma divulgação especialmente para ele.

 

Ou seja, o Marketing Digital é capaz de aumentar as chances de conversão de leads, justamente porque é personalizado.

 

E as vantagens não param por aí. A estratégia também é capaz de:

 

  • Aumentar a autoridade da marca no mercado;
  • Oferecer uma comunicação interativa com os clientes;
  • Educar o público a respeito do seu produto/serviço;
  • Ter um feedback mais rápido dos consumidores.

 

Diante disso e da grande quantidade de pessoas que usam a internet, não dá mais para ignorar a potência do Marketing Digital.

 

5 dicas para investir da forma certa em Marketing Digital

Como dissemos, seja você um grande empresa multinacional ou um pequeno negócio de transporte de pequenas cargas, o Marketing Digital pode ser usado para o seu empreendimento. Basta você adaptá-lo de acordo com seus objetivos e metas.

 

Para te ajudar nessa nova empreitada (ou para quem quer se aprofundar ainda mais na técnica) separamos dicas de como investir da forma certa em Marketing Digital. Continue lendo!

 

1 - Marketing de Conteúdo

O Marketing de Conteúdo é a “menina dos olhos” do Marketing Digital. Afinal de contas, quem procura algo na internet deseja se informar, não apenas receber aquelas propagandas sensacionalistas e invasivas.

 

A estratégia prevê a criação de conteúdo relevante para o público-alvo, a fim de entregar informação de qualidade. Isso ajuda na construção de um relacionamento de confiança com os seus clientes.

 

Sendo assim, ao invés de uma propaganda sobre a oferta de um reator de vidro, o marketing de conteúdo prevê a entrega de um material sobre o equipamento, apontando as características, vantagens e modos de uso da máquina.

 

Vale dizer que as estratégias de marketing de conteúdo podem ser feita em diversos tipos de formatos - o que é uma boa ideia, já que diferentes pessoas gostam de diferentes materiais.

 

Você pode, por exemplo, criar um blog para a publicação de artigos, além de produzir e-books, vídeos educativos e, até mesmo, compartilhar conteúdos nas redes sociais.

 

2 - SEO (Otimização de Mecanismos de Busca)

O SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para os mecanismos de busca, é um conjunto de técnicas que permite melhorar o ranqueamento da sua página web no buscadores, especialmente o Google.

 

E quem não quer se destacar no Google, não é mesmo? Afinal, ele é um dos maiores sites de pesquisa do mundo!

 

De maneira geral, o SEO usa um conjunto de palavras-chave, em uma determinada quantidade de vezes, ao longo de um artigo. Desse modo, os robôs do Google leem a publicação e colocam a sua página entre os primeiros resultados.

 

Por exemplo, ao produzir um conteúdo sobre galpão pré fabricado para indústria, o SEO utiliza esse termo como é redigido no Google pelos internautas.

 

Mas, não basta apenas isso. É necessário entregar conteúdo relevante também, pois o Google leva em consideração se o texto é atrativo aos usuários.

 

Portanto, lembre-se: o SEO escreve tanto para os robôs quanto para as pessoas.

 

3 - Redes sociais

As redes sociais tornaram-se indispensáveis para qualquer estratégia de marketing digital. O Brasil tem mais de 67% dos usuários ativos nesses canais, com destaque para o Youtube, Facebook, Instagram e Twitter.

 

A grande vantagem das redes sociais está no compartilhamento rápido de informações e a possibilidade de atingir vários públicos, ao mesmo tempo.

 

Assim, ao escrever um artigo no blog sobre aluguel de geradores de energia, vale a pena compartilhar um link na sua página do Facebook. Ou, então, tirar uma foto do equipamento para o Instagram.

 

As redes sociais também funcionam como excelentes canais de comunicação, pois permitem um diálogo muito mais aberto e rápido com os potenciais clientes.

 

Muitas pessoas não usam mais os telefones como SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), ao invés disso, preferem enviar mensagens diretamente pelas redes sociais.

 

Por conta disso, é importante não só produzir conteúdo relevante, mas também, manter uma interação positiva com os seguidores.

 

Vale ressaltar que cada uma das redes sociais têm a sua especificidade. Assim, ao desenvolver um material para o Instagram, por exemplo, é importante levar em consideração as características desse canal.

 

Além do mais, pesquisas recentes mostram que 30% dos consumidores compram algo por indicação dos chamados influencers digitais. 

 

Nesse sentido, vale a pena conferir se não é bom usar a reputação de alguém na internet para ganhar clientes - o chamado “gatilho da prova social”.

 

Os influenciadores também são muito bons para gerar engajamento social, na divulgação de produtos e serviços.

 

Mas, lembre-se de escolher um profissional que converse com o seu público e tenha o mesmo perfil dos seus clientes.

 

4 - Links patrocinados

Nem sempre os anúncios patrocinados são a melhor estratégia de marketing digital, visto que o tráfego orgânico tem um ROI (Retorno sobre Investimento) muito mais positivo. 

 

Entretanto, os links pagos são uma excelente alternativa para alcançar objetivos a curto prazo.

 

Os links patrocinados do Google Adwords, por exemplo, são ótimos para a geração de leads e aumento do número de visitantes no site. Por outro lado, os anúncios pagos das redes sociais também são atrativos para melhorar o número de seguidores.

 

De qualquer forma, é importante que os links patrocinados sejam desenvolvidos a partir de um planejamento altamente direcionado, levando em conta as características do público-alvo e as metas da empresa.

 

5 - Consultoria em Marketing Digital

A internet é muito rápida e dinâmica. Por isso, ela está em constante modificação o tempo todo e é necessário ficar atento às tendências do mercado.


Sabemos que, com uma rotina corrida, nem sempre é fácil acompanhar todas essas mudanças. 

 

Por esse motivo, pode ser interessante investir em uma consultoria de marketing digital, especialmente quem deseja se especializar no ramo.

 

A consultoria em marketing digital também te ajuda na análise de métricas e resultados. Toda estratégia, para ser bem sucedida, precisa da avaliação dos dados. Desse modo, dá para saber o que deu certo e o que não deu.

 

Com isso, é possível planejar novas estratégias e iniciar outras formas de divulgação, ainda mais assertivas e direcionadas.

 

Assim, o sucesso na empreitada de marketing digital é certeiro.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.