No ano passado, o Google tem atualizado seu algoritmo com mais frequência e notadamente do que nunca. A cada duas semanas, vimos grandes movimentos nas SERPs.

 

Como os critérios de ranking dos buscadores não são transparentes e mudam com tanta frequência, tornou-se vital para nós testarmos mais e tentarmos fazer a engenharia reversa do algoritmo do Google o máximo possível.

 

Quais tendências de SEO são importantes hoje? Nós compilamos cinco aspectos importantes.

 

1) Busca por Voz - Você busca como fala

A arte de classificar os sites é dar ao Google os sinais certos. No entanto, seu site não deve ser otimizado para o mecanismo de busca, mas para seus usuários. O Google também se concentra no usuário.

Como os usuários falam sua consulta de busca ao invés de digitá-la, as frases se tornam mais longas e complicadas. Qualquer pessoa que cria conteúdo hoje precisa ter certeza de que ele contém frases escaláveis para os mecanismos de busca.

Não muito acadêmico, não muito nerd, mas também não intencionalmente errado. O Google entende muito bem a linguagem e sinônimos hoje em dia, portanto, ao incorporar frases ao invés de palavras-chave, você dá ao Google mais com que trabalhar.

Mas como um Assistente de Voz é alimentado? No caso do Google, entre outras coisas, ele é alimentado com trechos destacados dos resultados da busca. Um trecho destacado é um trecho destacado que é exibido acima dos resultados da pesquisa clássica e responde a uma pergunta de forma direta.

 

2) Preferência pelo Celular e Rich Snippets

Sim, o show de snippet prossegue. Não há apenas trechos em destaque que desempenham um papel na SEO, mas também trechos ricos. Nós os adoramos! Isso é o que chamamos de pequenos trechos do conteúdo do site que aparecem nos SERPs.

 

Snippets  não são apenas relevantes para os assistentes de voz, mas também valiosos para as pessoas no celular. Com apenas alguns cliques, informações importantes - como o horário de funcionamento - podem ser exibidas em aparelhos que tendem a ser menores.

Snippets provavelmente não são um fator de ranking direto, mas uma parte da otimização móvel que é tão importante para SEO. Afinal, snippets não apenas fornecem informações, mas também fazem sua listagem se destacar mais e atrair mais cliques.

A otimização para dispositivos móveis tem sido uma necessidade por anos, mas em 2018 finalmente tornou-se uma medida de sobrevivência para ser visível na web. Hoje, o Google só acessa sites como se estivesse em um dispositivo móvel. Se o seu site ainda não está otimizado para isso, você tem trabalho a fazer. E sim, nós ainda vemos muitos sites como esse!

Assim, o Google fez do desempenho móvel um fator de ranking e não está nem mesmo estabelecendo uma tendência, mas seguindo um desenvolvimento: Há 2-3 anos, o tráfego móvel global tem superado o tráfego dos computadores desktop.

Além disso, espera-se que a receita móvel ultrapasse a do mercado de PCs. A palavra-chave "Mobile First" continua sendo um grande tópico em termos de SEO hoje em dia.

 

3) Conteúdo de Alta Qualidade

Conteúdo é Rei e o conteúdo de vídeo tem gozado de popularidade crescente há anos ao lado de blogs, podcasts ou conteúdo de IA: produtos são testados, novos funcionários são encontrados através de vídeos de marketing pessoal, ou um novo empregador é procurado através de um vídeo de marketing.

Tutoriais nos ensinam como tricotar meias, e gatos persas atrás de ponteiros laser nos fazem esquecer o clima sombrio lá fora. Mas não importa o conteúdo, todos os vídeos devem ser pesquisáveis.

Por um lado, é necessário adequar o seu conteúdo aos usuários que consomem principalmente vídeos. Esses usuários tendem a ser jovens, gostam de vídeos rápidos e divertidos, mas não muito obviamente aparados para um público jovem.

Por outro lado, você deve usar o mapa do site de vídeos de plataformas populares como YouTube e Vimeo para comunicar palavras-chave fortes e outras informações relevantes nos metadados dos seus vídeos

E como você descobre quais palavras-chave são atualmente fortes? O próprio Google fornece uma ferramenta correspondente com "Adwords". O site answerthepublic.com também é especializado neste assunto.

 

4) Experiência e desempenho do usuário

Como você consegue que os usuários gostem de se movimentar online, divulgando voluntariamente os dados e finalmente tornando as páginas interessantes para os mecanismos de busca? Através de uma boa experiência para o usuário. A Experiência do Usuário é um grande tópico que vai além de discutir este parágrafo.

Os mecanismos de busca sem dúvida incorporam um aspecto central da experiência do usuário em seu ranking: O desempenho de uma página, a velocidade com que o conteúdo é entregue. Estamos falando de milissegundos aqui!

Do ponto de vista de SEO, portanto, também é essencial construir sites que atuem tecnicamente maduros e entreguem rapidamente, mesmo que os cabos de fibra óptica ou a rede móvel 5G estejam se tornando cada vez mais padrão.

As pessoas votam com ações no Facebook, e votam movendo-se pelo seu site. O Google pode ver isso, pelo menos se você usar o Analytics. Um site que carrega rápido, é fácil de navegar, claro, e tem um ótimo conteúdo, sempre vai junto com métricas positivas do usuário.

Essas métricas ajudam a classificar o seu site. Muitas vezes vemos sites com spam - e o motivo é que as métricas do usuário são ótimas. O Google não vai derrubar páginas de que as pessoas gostem.

 

5) Inteligência Artificial

No futuro, vamos deixar os algoritmos nos ajudarem a operar os próprios algoritmos. Desde 2015, o Google vem trabalhando em um algoritmo de autoaprendizado chamado "Rankbrain", que cuida de consultas de busca que nunca foram feitas antes - o que supostamente responde por 15% de todas as consultas.

Nos próximos anos, não só vamos encontrar IA em chamadas de serviço ou na pedicura de pessoas idosas, mas em praticamente todos os lugares: A necessidade de coletar e analisar dados de usuários para obter propostas inteligentes de ação é e continuará sendo uma ocorrência diária na Internet.

Não é por acaso que Sergey Brin, o co-fundador do Google, de quarenta anos, escreveu na influente Carta dos Fundadores do ABC, no final de 2018:

"A nova primavera da inteligência artificial é o desenvolvimento mais significativo em computação na minha vida."

É, portanto, importante se familiarizar com o tema da IA o mais rápido possível e experimentá-lo em termos de SEO. Estamos interessados em IA há muitos anos, e pesquisando suas capacidades temos uma compreensão muito melhor de como o Google pode operar e para onde ele está indo.

Em um futuro próximo, ela ficará ainda melhor na leitura de textos, na compreensão de depoimentos e na consideração dos mesmos na avaliação de sites.

 

Conclusão

SEO está em constante mudança a fim de entregar o melhor para quem busca, ou seja, o usuário. Em função disso, devemos nos adaptar às mudanças e dançar conforme a música.

 

Espero que tenha gostado. Para conhecer mais sobre nosso trabalho, acesse Guerrilha Marketing.