Entenda a importância de um design responsivo para o site de sua empresa

O design responsivo acompanha uma tendência que cresce continuamente, ou seja, o fato de que as pessoas estão acessando a internet cada vez mais por meio de seus dispositivos móveis.

Contudo, o uso de telas maiores não deixou de ser comum em nosso dia a dia, como a do notebook ou da TV. Sendo assim, o site responsivo funciona bem em qualquer tamanho de tela, dessa forma, sua empresa estará preparada para ser acessada de diferentes maneiras.

O gestor ou o empreendedor precisa entender a importância desse tipo de site, então, se pararmos para pensar um pouco vamos encontrar muitas explicações.

O fato é que, no dia a dia, as pessoas usam seus smartphones para várias situações, principalmente para acessar as redes sociais e aplicativos de mensagens.

Também, boa parte delas utilizam outros dispositivos, como computadores em geral para trabalhar. Diante disso, o domínio de uma marca precisa ser flexível o suficiente para caber nessa variação.

Estamos vivenciando uma verdadeira transformação digital, sendo que o design responsivo é parte dessas mudanças. Por isso, neste artigo, vamos explicar o seu conceito, importância e boas práticas para aplicá-lo. Se você tem dúvidas ou quer saber mais, confira!

 

O que é design responsivo?

O design responsivo faz com que as páginas de um site se ajustem a qualquer tamanho de tela, sem distorções ou de maneira que prejudique a acessibilidade aos conteúdos. Assim, todos os elementos da página são ajustados perfeitamente.

As organizações que adotam esse formato estão atentas às necessidades dos usuários e garantem uma experiência mais satisfatória para eles.

Então, se uma pessoa acessar o site de um escritorio de contabilidade e consultoria, por exemplo, por meio de seu smartphone, ela consegue ver perfeitamente bem imagens, textos e quaisquer outros elementos presentes na página.

Entretanto, quando falamos em site responsivo não estamos falando em site mobile, e é muito comum que as pessoas acabem confundindo esses dois conceitos.

A responsividade é uma adaptação do layout ao tamanho da tela, e é exatamente isso que o diferencia. O mobile é um layout desenvolvido especialmente para os aparelhos móveis.

Isso significa que ele não é adaptado, mas, sim que é completamente novo, ou seja, é para ser acessado exclusivamente por meio de smartphones e tablets, contando com uma URL completamente nova.

Agora que você já sabe o que é design responsivo e qual a diferença entre ele e o mobile, no próximo tópico, vamos explicar um pouco mais sobre a sua importância.

 

A importância do design responsivo

Esse tipo de site se tornou essencial atualmente, tanto para uma empresa de segurança do trabalho quanto para qualquer outra que deseja se manter atualizada com as novas tendências.

Tendo em vista que cada vez mais pessoas acessam a web por meio de seus dispositivos móveis, alguns motivos tornam clara a importância da responsividade. São eles:

  • Aparecer nas primeiras posições do Google;
  • Melhorar a experiência do usuário;
  • Facilitar o carregamento dos dados;
  • Atualizações automáticas.

Antigamente, era comum que, ao construir a interface de um site, primeiro se pensasse no computador, para depois fazer os ajustes que permitissem o acesso por meio dos aparelhos móveis.

Só que esse processo mudou muito nos últimos anos, então, primeiro pensamos nos dispositivos mobile para depois pensar nos computadores. Esta é, inclusive, uma exigência do próprio Google, que há alguns anos vem priorizando esse tipo de site para os primeiros resultados da pesquisa.

Isso se dá porque o buscador quer garantir sempre a melhor experiência do usuário, aliás, ela também é uma das razões para que as empresas de folha de pagamento, por exemplo, invistam em responsividade.

O cliente não terá dificuldades para acessar por meio de seu celular, o que facilita sua interação e até outras ações, como as compras.

São páginas mais fáceis de carregar porque contam com elementos leves, portanto, o usuário pode navegar usando dados, que nem sempre têm uma boa qualidade de conexão.

Por fim, esse tipo de site possui um design sempre atual, e mesmo que os smartphones evoluam muito em sua tecnologia, seu domínio continuará sendo compatível com eles.

Além de entender qual é a importância do design responsivo, para que suas páginas se mantenham sempre funcionais, é importante compreender algumas boas práticas. E é sobre isso que vamos falar no próximo tópico. Acompanhe!

 

Boas práticas do design responsivo

A partir do momento em que uma empresa de consultoria em desenvolvimento organizacional, por exemplo, começa a usar o design responsivo, precisa considerar algumas práticas na construção de seu domínio. São elas:

 

Priorizar o layout mobile

Quando você estiver criando o site do seu negócio, priorize o layout mobile ao invés de criar uma versão primeiro para desktops.

É claro que o conteúdo e a experiência devem ser otimizados para ambas as versões, afinal, este é o objetivo da responsividade. Só que quando você começa pelas telas menores, percorre um caminho muito mais fácil do que ir do maior para o menor.

 

Priorizar a velocidade do site

Quando uma empresa usa o design responsivo, precisa pensar em como diminuir o tempo de carregamento e o tempo de resposta a interações. Isso é importante porque o usuário pode desistir de navegar se precisar esperar muito pela reação do site.

Para evitar essa situação, uma empresa de tradução de sites, por exemplo, pode usar ferramentas voltadas para a redução do tempo de carregamento das páginas.

Com isso, todos os campos e seções que o usuário quiser acessar vão carregar mais rapidamente, o que pode ser benéfico, inclusive, para as vendas da marca.

Usar elementos leves e flexíveis

Quando estiver criando o seu site responsivo, priorize elementos leves e adequados às suas necessidades. Por exemplo, quando for escolher uma imagem para inserir na página, pense na flexibilidade dela.

Se usarmos fotos pesadas e estáticas, podemos prejudicar a experiência do visitante, dependendo do dispositivo que ele usar para acessar. Sendo assim, é importante optar por imagens leves e que não tenham uma definição fixa, tanto de largura quanto de altura.

Consequentemente, elas serão perfeitamente adaptáveis a qualquer tamanho de tela, tanto de um computador quanto de um celular, garantindo a proposta do design responsivo.

Fazer testes de usabilidade

Uma empresa de consorcio imobiliario, por exemplo, realiza testes de usabilidade em seu site para garantir que a versão responsiva que está sendo utilizada, de fato, colabore para a experiência final dos visitantes.

Ao obter os feedbacks, a companhia pode fazer as melhorias necessárias, alterar algumas criações, para que, dessa forma, consiga otimizar o resultado de cada página.

 

Usar tema responsivo

O design responsivo, automaticamente, faz com que o domínio se torne amigável para os dispositivos móveis. A partir disso, seu negócio terá um site para exibir o mesmo conteúdo, só que em versão desktop.

Contudo, é importante escolher um tema que também seja responsivo. Muitos deles não são gratuitos, ou seja, a empresa de portaria e limpeza paga para implementá-los, mas seu desempenho é excelente.

Agora, se você já instalou o seu tema, precisa usar uma ferramenta para saber se ele carrega rapidamente. Basta apenas copiar a URL da página que você deseja testar e colar no software.

Ele vai dar uma nota para o domínio, com base em seu desempenho geral, tempo de carregamento e outros elementos importantes. Além disso, oferece dicas do que fazer para melhorar a velocidade.

 

Manter a velocidade do site

A velocidade de um site pode ser influenciada pela qualidade do servidor e da hospedagem que está sendo utilizada. Pensando nisso, uma clinica de fisioterapia, por exemplo, escolhe uma hospedagem rápida e confiável, que lhe permite criar um site perfeito para os dispositivos móveis.

Também é importante limitar a quantidade de conteúdos que precisam de plugin adicional para funcionar. Não se esqueça de otimizar a página inicial e, com isso, garantir que o domínio fique muito mais rápido.

Algumas outras formas de otimizar sua versão mobile é limitando o número de posts da página inicial, sendo de, no máximo, de 5 a 10 posts.

Remova todos os widgets que não sejam necessários, plugins inativos, desnecessários ou irrelevantes, e manter o site todo sempre limpo e bem organizado.

Se a página inicial está enxuta em termos de organização, além de colaborar para a estética de todo o site, ajuda a carregar mais rápido.

 

 

Conclusão

As pessoas estão conectadas o tempo, sendo que isso só é possível por conta da popularização dos dispositivos móveis. Ninguém mais precisa esperar chegar em casa para acessar um site, falar com alguém ou, até mesmo, fazer uma compra.

Os sites responsivos surgiram para acompanhar essa realidade e essa necessidade, mas  para servirem bem ao seu negócio, devem ser feitas algumas boas práticas.

Neste artigo, você descobriu quais são elas e a real importância da responsividade para o seu site e para a experiência dos seus visitantes.  

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.